Sobre o blog:

“A humanização do nascimento não representa um retorno romântico ao passado, nem uma desvalorização da tecnologia. Em vez disso, oferece uma via ecológica e sustentável para o futuro” Ricardo H. Jones

segunda-feira, 14 de março de 2011

Cesariana pode ser um acto de amor

Não enlouqueci...
Temos de falar sobre isto... a cesariana salva vidas... de mães e de bebés, e pode ser feita com amor... Sim cesarianas podem ser feitas de uma maneira mais gentil e mais consciente.




Eu abusaria do termo e até ouso falar em "cesariana humanizada"... Será possível?
Se a "humanização do parto é a devolução do protagonismo á mulher", não faz sentido falar em cesariana humanizada, mas talvez em cesariana mais humana...
Existem razões médicas para se fazer uma cesariana e podemos sempre tentar que seja o mais humana possível...

Deixo-vos uma lista que costumo dar ás minhas mães que vão fazer cesariana:

1 - Que a anestesia seja a epidural para estares acordada durante o parto

2 - Podes solicitar a presença do teu companheiro ( ou de alguém que faça sentido para ti ) no bloco operatório para que esteja sentado ao teu lado.

3 - Solicitar ao médico que levante a bebé logo após o nascimento, ainda sem o cordão ter sido cortado.

4 - Logo após as primeiras verificações ao bebé, solicitar que te seja trazido o bebé para que o possas beijar.

5 - Solicita a permissão para levarem a máquina fotográfica e tirem as primeiras fotografias.

6 - Enquanto és suturada, solicita a presença constante do pai junto do bebé, isto vai reforçar os laços entre eles além das vantagens do bebé conhecer a voz do pai.

7- Se pretendes amamentar, pede que não lhe seja administrado qualquer tipo de formula. Que tentem aguardar o mais possível para que assim possas ser tu a amamentar a primeira vez o teu bebé.

8 - Solicita que o bebé esteja junto a ti logo que seja possível, é o melhor analgésico que podes ter ( o teu bebé nos teus braços).

9-Podes solicitar que seja colocada uma música ambiente por vós escolhida.

10-Que não sejam efectuados procedimentos rotineiros que não sejam estritamente necessários ao bebé.

Obrigado Doula Cristina Silva pela ajuda na elaboração desta lista http://www.sobcesaria.blogspot.com/

Deixo-vos uma cesariana mais humana...






E tu, qual a tua opinião sobre a urgência de transformar a cesariana num acto de amor?

2 comentários:

Marina disse...

Afinal a minha cesariana (primeiro filho e a dilatação parou) até foi humanizada, menos na parte de ter o meu marido na sala de operações. Mas mil vezes um parto normal (segundo filho) a uma cesariana!
Eu acho necessário transformar a cesariana num acto de amor, mas a verdade é que nas cesarianas de urgência, estando a mãe ou o bebé em sofrimento, nem sempre há tempo para certos pormenores.
Já nas cesarianas que são feitas por capricho acho que é uma contradição chamar-lhes acto de amor... É a minha opinião.

YOGAMAMÃ disse...

Olá,

Só tenho a falar bem da MAC - prevaleceu a minha vontade de ter um parto natural sem qualquer tipo de intervenção (claro que tive direito à vistoria clássica para a malta da escola ver, mas sem qlqr objecção da minha parte)na hora da cesariana (bebé em sofrimento) todos estes passos aqui descritos foram seguidos à excepção das fotos pq não quisemos e a bebé ter vindo direto ao meu colo pq teve de ser reanimada.