Sobre o blog:

“A humanização do nascimento não representa um retorno romântico ao passado, nem uma desvalorização da tecnologia. Em vez disso, oferece uma via ecológica e sustentável para o futuro” Ricardo H. Jones

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Poque amamentar em exclusivo até aos 6 meses?

 A razão porque se refere os 6 meses é porque se efectuaram vários estudos e conclui-se que algures entre os 6 meses e um ano de idade o ferro que o leite materno contém deixa de ser suficiente para a criança. Por uma questão de precaução a OMS recomenda que se introduzam alimentos complementares aos 6 meses precisamente para colmatar uma possível falta de ferro, mas dependendo dos individuos, haveria alguns que não precisariam de mais nada a não ser leite materno até fazerem 1 ano. Por isso o dar outros alimentos aos 4 meses não apresenta vantagens pois com essa idade o leite materno tem todos os nutrientes que a criança precisa e é apenas substituir uma refeição de um alimento de 1ª qualidade, o melhor que existe, por outros de qualidade inferior e com riscos associados (reacções alérgicas, contaminação por microorganismos, etc). Criou-se o hábito de dar alimentos tão cedo aos bebés porque o leite de lata antigamente tinha muitas carências de nutrientes e era preciso complementá-lo cedo com outros alimentos. Hoje em dia já nem sequer se pode dizer isso para o leite de lata, prova é que noutros países  mesmo quem dá leite artificial aos filhos só introduz os alimentos aos 6 meses. Os profissionais de saúde portugueses ainda estão neste aspecto a usar informação desactualizada, dos anos 70 e 80.....
http://www.who.int/nutrition/topics/exclusive_breastfeeding/en/index.html  no fim da página estão vários documentos que abordam o assunto pormenorizadamente.

 

1 comentário:

Mamã Ana disse...

Muito bom! A minha filha está quase com 4 meses e pretendo amamentá-la em exclusivo até aos 6 meses. Boa informação!