Sobre o blog:

“A humanização do nascimento não representa um retorno romântico ao passado, nem uma desvalorização da tecnologia. Em vez disso, oferece uma via ecológica e sustentável para o futuro” Ricardo H. Jones

terça-feira, 26 de maio de 2009

Os meus meninos estão doentes...

Noites mal dormidas, choros, e eu a desesperar....


Resolvi escrever porque percebi que é urgente falar sobre o grande papão - A FEBRE!


Quando se tem febre, as mães dão benuron é rápido, fácil, mas pode sair caro... a saúde dos nossos filhos.

É normal as crianças ficarem doente, doenças como gripe, varicela, sarampo, etc, fazem o sistema imunológico funcionar, fortalecer e amadurecer. Depois de uma doença nota-se muitas vezes um pulo no desenvolvimento.


O grande papão - A Febre:

Não gosto de ver os meus filhos doentes, MAS TER FEBRE É BOM..... significa que o sistema imunológico está a funcionar. A febre tem um papel fundamental na dinâmica do nosso sistema imunológico, activa a libertação de anticorpos e de outras substâncias de defesa que vão permitir ao organismo lidar com possíveis "invasores", é esse mesmo calor que inibe o crescimento de bactérias e aniquila os vírus, ou seja, o calor renova o organismo. Isto é reconhecido pela comunidade científica tradicional.
Já repararam que depois de um episodio de febre, perguntamos sempre "então, está melhor?"

O que eu faço? Tento ter calma, paciência (as vezes é difícil depois de noites mal dormidas) e confiança em mim como mãe. A atenção vai toda para os meus tesouros a casa e o trabalho fica para outro dia.... Dou muito colo....muito mimo....
Devem de estar a pensar.... "não usas antitérmicos?".
Só quando a febre ultrapassa os 41º C ( nunca me aconteceu, e mesmo assim consultava um homeopata). Para evitar que a febre exceda estes limites "abuso" de recursos naturais ( por exemplo rodelas de limão nas solas dos pés) e recorro a medicamentos homeopáticos. Durante a febre respeito a falta de apetite dos meus filhos, porém é muito importante que bebam líquidos (água, chá ou sumo)

Antitérmicos sintéticos e antibióticos precisam ser usados com muito critério, e somente sob prescrição médica (eu sou vou ao homeopata)


Então e as CONVULSÕES? o grande mito!

Ao contrário do que se teme, são episódios raros (3% das crianças), não dependem do grau de febre, isto é, não é mais comum ocorrer aos 40º do que aos 38ºC.

É importante saber que a febre não é uma doença em sim, mas uma maneira de defesa do nosso organismo, a febre baixa ou alta não está relacionada com a gravidade da doença. Não se justifica a preocupação excessiva com a febre, devemos de saber a sua causa, e não simplesmente baixa-la, atrapalhando a actuação do sistema imunológico. A cultura do medo da febre e a tendência de combate-la instalou-se na nossa sociedade em virtude de uma grande estratégia de marketing da indústria farmacêutica.


A febre esta relacionada com desenvolvimento da individualidade dos nossos filhos.

A Princesa está a acordar.... vou para mais uma sessão anti-febre - dar mimo, muito.....

8 comentários:

Anónimo disse...

As melhoras, Cat! Bjs, Clo

Rita Costa disse...

Concordo com tudo o que tu dizes e para, eu como mãe, não ficar ansiosa simplesmente deixei de usar o termómetro.

E só quando acho que as coisas estão a ficar complicadas (o que já aconteceu duas vezes) é que recorro ao ben-u-ron.

As melhoras dos teus filhotes

Beijinhos

P e M disse...

" por exemplo rodelas de limão nas solas dos pés"

Tenho outra solução: pôr rodelas de batata nos pés...

Não sei se ajuda... Mas foi o que disse uma senhora que foi fazer um workshop comigo de homeopatia.

As melhoras

;o)

Sofia disse...

As melhoras!

Bjs

Mia disse...

As melhoras com muitos mimos.

beijocas

moya disse...

Nem por acaso estivemos a falar disto com a Adriana hoje...
As melhoras dos pimpolhos...
jocas

Anónimo disse...

Pode ser uma maneira do próprio organismo se defender mas não há nenhuma mãe que goste de ver os filhos doentes, seja com febres altas ou só "uma pontinha". Se podemos aliviar os nossos filhos do desconforto que é a febre, para quê deixá-los a "sofrer" só para darmos bom nome ao nosso facciosismo e não lhes dar medicamentos "químicos". Mimo, claro, muito, mas não é só porque estão doentes! Quando estão doentes: mimo, o genérico do ben-u-ron!

Cat disse...

"Se podemos aliviar os nossos filhos do desconforto que é a febre, para quê deixá-los a "sofrer" só para darmos bom nome ao nosso facciosismo e não lhes dar medicamentos "químicos". "

Podemos dar medicamentos homeopáticos que vão ajudar a controlar a febre.
O problema do benuron é que tem efeitos secundários (podem ler na bula) e para o processo natural de tratamento do corpo. Se +podemos tratar sem usar quimicos porque não fazer? será que isso é facciosismo? Eu acho que nãó... é so outra maneira de ver as coisas...
Adorei o mimo como generico :)