Sobre o blog:

“A humanização do nascimento não representa um retorno romântico ao passado, nem uma desvalorização da tecnologia. Em vez disso, oferece uma via ecológica e sustentável para o futuro” Ricardo H. Jones

sábado, 13 de novembro de 2010

Reportagem para ver e pensar....












2 comentários:

Daisy disse...

Olá Cat,

infelizmente não consegui passar dos 4 minutos e tal do 1º video, quando chega aquela parte da mãe deitada na maca, em ligeiro declive (é a ideia que passa) para toda a zona vaginal estar bem iluminada e poder ser observada pelos médicos e por toda aquela gente e o que se segue a seguir deixou-me terrivalmente mal-disposta. Não consigo ver estes filmes, as minhas entranhas revolvem-se cá dentro e só me apetece gritar com aquela gente toda a dizer para não fazerem aquilo. As cesarianas para mim são o fim. E estas imagens ficam-se na cabeça, por isso é que quando suspeito que há perigo não vejo, o mesmo se passa com relatos de partos hospitalares e cesarianas onde que não terminam bem. Transferência real da dor das mães que eu tenho muita dificuldade em tirar de cá de dentro.
Isto em comparação com aquele video maravilhoso do parto na água na Brisbânia, nada têm a ver.
Mas, enfim, tu faz parte da informação e convite à reflexão, que é mesmo muito necessária!

Um beijinho,
Susana.

AVOGI disse...

adorei os vídeos só quem nunca passou por dois partos é que poderá ficar impressionada. é um momento único de muto amor e desejo de acarinhar aquele pequeno ser que nos ai das entranhas
kis :=),