Sobre o blog:

“A humanização do nascimento não representa um retorno romântico ao passado, nem uma desvalorização da tecnologia. Em vez disso, oferece uma via ecológica e sustentável para o futuro” Ricardo H. Jones

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Licença sem vencimento....

No dia 11 de Agosto tive o privilegio de ver o T. nascer.... um Bebé que não estava nos meus planos, mas quis o universo que eu estivesse presente.
No dia 12, a C. trocou-me as voltas, foi o ultimo bebé que "vi" ( acabei por não ver) nascer, a C. nasceu por cesariana... Fiquei muito triste... sofro muito quando os meus Bebés não nascem como a mãe deseja... acho sempre que podia ter feito mais alguma coisa....
( fotografia pessoal)



Porque é que o T. pode nascer em paz e a C. não!!! é injusto!!! chorei MUITO...decidi que os próximos tempos serão de pausa, a meditar sobre todos os bebés, sobre todas as famílias que de alguma maneira se cruzaram na minha vida...
( fotografia http://cesarean-art.com )

Mas hoje sonhei com a C. e finalmente percebi que... os Bebés escolhem os pais... mas também escolhem a maneira de virem a este mundo...
A pausa vai continuar... agora muito mais tranquila... OBRIGADO C.

5 comentários:

moya disse...

Epá! Granda foto! ESqueceste-te de pôr a bolinha do canto do blogue ;))))
Olha, nunca se sabe: eu que estava decidida - mas que havia quem pensasse que eu estava com dúvidas e que isso iria prejudicar o desenrolar do parto - tive um parto relâmpago e lindo! E outras mamãs que se mentalizaram que era só daquela maneira que queriam e mais nenhuma acabaram por ir parar ao hospital...
Obviamente que a mãe tem um papel importante no parto, mas eu acredito que o bebé também escolhe como quer nascer, nem que seja porque sente que o que a mãe lhe transmite :)

Anónimo disse...

Cat... bem sei que não tem nada a ver, ou melhor, tem, tudo tem, mas o que eu queria mesmo pedir era que me enviasses cópia daquele artigo da P&F em que digo como fui tratada. Acabei por não ler, quando cheguei às bancas já era tarde, e gostava de o guardar, para mais tarde mostrar aos meus filhos. Se o quiseres pôr aqui, também não me chateio nada! Pode ser??? Sei que sim, que és uma qurida... Grande beijoca e obrigada. Clo

C.M. disse...

O T. podia não estar nos teus planos, mas parece que tu estavas nos dele... talvez, para além de escolher as mães e a forma como nascem, os Bebés estejam também a reclamar o seu direito a escolher as Doulas ;).
Aprendi ao longo destes meses que o parto é parte de um grande e complexo processo e, desde que não haja intervenção desnecessária à partida, a forma como termina acabará, mais tarde ou mais cedo, por fazer sentido no contexto específico daquela mãe e daquele bebé. Cada "dupla" é todo um mundo e não podemos de forma nenhuma saber o que é que se revela num parto.
De certeza que fizeste tudo o que devias e podias... mas cada um é como tem que ser. E de certeza que melhor Doula a C. e a sua mamã não podiam ter tido.
Jinhos

Cat disse...

sofro porque gostava de ter feito mais ....

Anónimo disse...

Abraço forte e um sorriso ternurento.

Susana