Sobre o blog:

“A humanização do nascimento não representa um retorno romântico ao passado, nem uma desvalorização da tecnologia. Em vez disso, oferece uma via ecológica e sustentável para o futuro” Ricardo H. Jones

quarta-feira, 1 de Julho de 2009

BENEFÍCIOS DA PRÁTICA DO MANTRA OM - durante a gravidez e o parto





O MANTRA “OM” ESCRITO NO ALFABETO “DEVANAGARI”, OU SEJA, SÂNSCRITO.



Na Índia, a sílaba OM, acompanha o caminhante onde quer que ele vá. O OM e o perfume do “dhup”, incenso á base de sândalo, estão sempre presentes nos “Ashrams” (centros de yoga), templos e cavernas (uma tradição milenar nos Himalayas, onde sempre houve uma grande concentração de yoguis muito avançados, meditando em cavernas).



OM é um vocábulo único, pronunciá-lo regularmente, traz uma infinidade de vantagens, tanto físicas quanto mentais, por isso é bastante benéfico prenuncia-lo na gravidez e no parto.



Devemos aprender a emitir o som de OM, que pode ser entoado de 7 maneiras diferentes, escolhi esta por estimular a concentração, mas sinta-se livre para entoar na maneira que preferir e que faça sentido para si!

Deitada ou sentada, com os lábios entreabertos, depois de uma inspiração profunda, a barriga "sobe como um balão", faz-se uma expiração soltando o ar devagar, o qual ao sair, faz vibrar as cordas vocais , basicamente é um “OOOOOO...” prolongado.

O Om começa com a boca aberta, emitindo um som mais parecido com um a, mantendo a língua colada no fundo da boca e a garganta relaxada. O som nasce no centro do crânio, projeta-se para frente e vibra na garganta e no peito. Após alguns segundos de vocalização, a língua deve recolher-se para trás. Assim, aquele som similar ao a, transforma-se numa espécie de o aberto, que vai fechando progressivamente.
No final, sem fechar a boca, a língua bloqueia a passagem de ar pela garganta e o som transforma-se em "MMM...", que na verdade não é exactamente um m, mas uma nasalização. Esta nasalização chama-se anunásika em sânscrito, que significa literalmente com o nariz, e deriva da palavra násika, nariz.

O som deve ser o mais grave e uniforme possível. Se o emitirmos correctamente com a mão sobre o peito, notaremos a vibração que é produzida nesta área. Vai-se fechando a boca, expirando o ar e contraindo os músculos abdominais ( colar o umbigo ao bebé) emitindo um “MMM...” prolongado e nasalado que zumbe no crânio. Apoiando a mão sobre o crânio, também notaremos a vibração que aí se produz.


Colocando as palmas das mãos a tapar os ouvidos, ouve-se mais nitidamente o “OOOOMMMM...”.



- EFEITOS DE OM -



EFEITOS VIBRATÓRIOS: O “O” faz vibrar toda a caixa torácica, esta vibração é transmitida para a massa de ar nos pulmões, para a delicada membrana dos alvéolos, que ao vibrar estimula as células pulmonares permitindo um melhor intercambio gasoso. Esta vibração exerce também, um notável efeito sobre as glândulas endócrinas (hipófise, pineal, tiróide, supra-renais, gônadas). As vibrações do mantra “OM”, chegam aos tecidos mais ocultos e as células nervosas, intensificando a circulação nestes locais. Até mesmo o sistema nervoso simpático e o nervo vago recebem a benéfica influência destas vibrações.



A musculatura de todo o aparelho respiratório relaxa e fortifica-se, a respiração desenvolvida aumenta o aporte de oxigénio para todo o corpo, e também para o bebé.


A vocalização do "OM" faz uma vibro- massagem ao bebé , e aos órgãos da caixa torácica, do abdómen e nervos cranianos. Como consequência desta vibração, ondas electromagnéticas são produzidas propagando-se por todo o corpo, aumentando o dinamismo e a vontade de viver e finalmente desenvolvendo a capacidade de concentração, logo, muito benéfico em trabalho de parto!


EFEITOS SOBRE O APARELHO RESPIRATÓRIO :


1- Respiração lenta : A emissão de “OM” torna mais lenta a expiração, o que revitaliza o coração.


2- Respiração regulada : Quando o som é uniforme a respiração torna-se contínua.


3- Respiração completa : Expira-se todo o ar residual dos pulmões, logo a inalação torna-se mais profunda.


4- Controle e relaxamento : Para que o som seja uniforme, é imprescindível o relaxamento dos músculos respiratórios durante a expiração.



EFEITOS MENTAIS:


1. Ocorrência de ondas do tipo “Alfa” no cérebro, as quais induzem calma, paz e relaxamento de tensões em geral.


2. Activa a secreção de substâncias como a “serotonina” e “endorfinas”, que incrementam ou estabelecem a sensação de satisfação existencial de forma continuada. Estimula e exercita a actividade equilibrada dos dois hemisférios cerebrais.


3. Notável aumento da capacidade de concentração e memória.


4. Induz à estabilidade emocional.



O OM pode ser emitido de forma audível somente na expiração, podendo ser entoado mentalmente durante a inspiração, intensificando a paz mental.



Repetir com frequência o mantra OM mentalmente, poderá notar serenidade e paz mental.



“Respire OM, coma OM, pense OM, viva OM, seja OM”. Swami Sivananda e acrescento eu na gravidez e no parto também :)



Venha experimentar uma aula de Yogilates e praticar o "OM"!


2 comentários:

DaniAndretto disse...

excelente, adorei!

continue dividindo estas preciosidades!!
bjs daqui do outro lado,

Daniela Andretto

Sp-Brasil

Ana Sofia Barrias disse...

Ola Catarina,

Já há muito que estou para te escrever (desde o workshop)mas o tempo para vir ao computador é muito curto.

Fiquei muito feliz em ler este teu post. Quando sentimos o que transmitimos, não existe medos, desconfianças e libertamos todo o nosso potencial, todo o nosso OM.

Uma excelente maneira de acalmar um bebé ao colo é entoar o mantra OM repetidas vezes.

Boas meditações e bons Mantras

Namaskar!
Ana Sofia Barrias
(Babyoga)