Sobre o blog:

“A humanização do nascimento não representa um retorno romântico ao passado, nem uma desvalorização da tecnologia. Em vez disso, oferece uma via ecológica e sustentável para o futuro” Ricardo H. Jones

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Não é um argumento valido fazer uma cesariana quando:

  • O cordão esta enrolado á volta do pescoço ( circular de cordão ) - ver aqui
  • Bolsa rota sem contracções - ver aqui
  • Parto prolongado - não existe parto prolongado desde que o bebé e a mãe estejam bem.
  • Falta de dilatação ou " o trabalho de parto parou "- o que existe é o profissional não ter paciência para aguardar o processo natural de um trabalho de parto ( distocia funcional )
  • Ter passado das 40 semanas - a gestação humana normal vai das 37 as 42 semanas
  • Bacia estreita - sem a tentativa de um parto vaginal é impossível saber se a cabeça do bebé é muito grande para passar pela bacia da mãe ( desproporção ou incompatibilidade cefalo-pélvica ). O ajuste entre um bebé e a bacia da mãe depende da posição da cabeça e de como esta se molda durante o trabalho de parto. Ver aqui
  • Condições ginecológicas : Streptococcus, herpes genital não activo, mioma, varizes na vagina, epilepsia, hemorróidas, placenta madura, não são a priori indicações de cesariana.