Sobre o blog:

“A humanização do nascimento não representa um retorno romântico ao passado, nem uma desvalorização da tecnologia. Em vez disso, oferece uma via ecológica e sustentável para o futuro” Ricardo H. Jones

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Todas as formas de teste de tolerância à glicose devem ser revistas

Os valores de glicemia normal para uma grávida, são: jejum abaixo de
95 e 2 horas após a refeição abaixo de 140.
Alterações abaixou ou acima são normais e não significam diabetes gestacional.

Em português a página 194 e 195 do livro "A Cesariana" do Michel explica muito bem a inutilidade deste teste comparando com simples conselhos nutricionais.

E em inglês, um excelente artigo pela Henci Goer

http://parenting.ivillage.com/pregnancy/pcomplications/0,,9cgc,00.html



Retirado do Guia para a Atenção Efectiva na Gravidez e no Parto:

Os dados disponíveis não apóiam a recomendação ampla de que todas as gestantes sejam submetidas a rastreamento de "diabetes gestacional", muito menos que sejam tratadas
com insulina.

Até que seja estabelecido o risco de pequenas elevações da glicose durante a gravidez em estudos conduzidos apropriadamente, o tratamento baseado nesse diagnóstico deve ser revisto criticamente.

O uso de terapia injetável com base nos dados disponíveis é altamente discutido, e em muitos outros campos do exercício da medicina tal tratamento agressivo sem benefício comprovado seria considerado antiético.

Fontes

Effective care in pregnancy and childbirth

Biblioteca Cochrane

Revisões pré-Cochrane

2 comentários:

mjf e pmp disse...

Pois, há quem questione a utilidade ou eficácia do teste, especialmente quando a grávida não apresenta qualquer outro sintoma de d.g.: acho que o diagnóstico se deve basear no quadro geral e não em 1 valor de 1 análise...
bjos!

Cat disse...

é isso mesmo...