Sobre o blog:

“A humanização do nascimento não representa um retorno romântico ao passado, nem uma desvalorização da tecnologia. Em vez disso, oferece uma via ecológica e sustentável para o futuro” Ricardo H. Jones

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

A técnica do copinho




O uso de biberão e chuchas confundem o bebé porque a forma de sugar no seio é completamente diferente da forma como se suga os bicos artificiais correndo-se grande risco de desmame, ou seja, do bebé recusar o seio. No entanto, podemos oferecer este alimento precioso através de utensílios que manterão o aleitamento materno.

Para situações em que a mãe vai afastar-se do seu filho podemos utilizar copinhos, tais como chávena de café, copos de aguardente, enfim, qualquer copinho ou chávena que não tenham nenhuma saliência no rebordo e que possam ser lavados e fervidos.

Mas quem preferir pode comprar aqui

http://www.bacelar.pt/catalogo/detalhe.php?id=196&cat=301



10 copinhos custam 9,50 , eu acho perfeitamente dispensável.

* Para realizar tal tarefa recomendo os seguintes passos:

1- Despertar o bebé, mexer nos pés e a face. Não deixar que o bebé esteja agitado com fome ou outro desconforto, pois dificulta a manobra

2- Acomodar o bebé na posição sentada ou semi-sentada no seu colo, a cabeça deve formar um ângulo de 90º com o pescoço



3- Encostar a borda do copo no lábio inferior do bebé e deixar o leite materno tocar o lábio

4- O bebé fará movimentos de lamber o leite seguidos de deglutição


5- Não despejar o leite na boca do bebê.

O uso do copinho é um excelente método de alimentar o bebé, quando a mãe não pode oferecer o seu leite no próprio seio. Favorece o contacto do bebé com o seu cuidador.

A OMS/UNICEF recomenda que o aleitamento seja exclusivo até o sexto mês e como complemento de uma alimentação diversificada até pelo menos aos dois anos.

2 comentários:

Ana disse...

Parabéns, estou sempre aprender. Fui mãe à 5 anos de um bebé de baixo peso (1,746g) na Mat.Alfredo da Costa, ele não precisou de ir para a encobadora, foi só engordar. A tarefa da amamentação não foi fácil, já por si só juntando ao momento que estava a viver não ajudou. Na altura não tinha os conhecimentos que tenho hoje sobre esta temática, mas lá fui fazendo o que intuitivamente me ocorria.
O meu filho teve muita dificuldade em pegar no peito. As enfermeiras davam como alternativa o suplemento, mas houve uma enf. muito querida, que percebeu que esse não era o meu desejo, então dedicou-se de alma, para que o Manel pega-se no meu peito. Tentou-se tudo. De várias posições, com almofada, sem almofada, com diferentes tipos de tetinas, colocada no meu mamilo e por fim os bem ditos dos bicos de silicone da marca aconselhada pela enfermeira(Avene), que realmente eram os mais fininhos. E só assim consegui ultrapassar esta barreira. Que pena que tive que esta técnica de saude materno infantil com bastantes anos de serviço ainda não conhecia o truque do copinho?. Fica para um próximo bebé.

Cat disse...

Querida Ana, que bom ler-te por aqui!!!

Prometo falar sobre os bicos de silicone!

beijos muitos